RAÇAS CONSAGRADAS
 
05/11/2014 - 22:44h
SAIBA MAIS SOBRE O CURIÓ GAIOLA PRETA

Gaiola Preta
 
Grande Raçador
 
.Filho de curió mateiro com a fêmea de nome Santista , nasceu em 1976 , na cidade de Botucatú-SP- na rua João Passos , em um viveiro , na casa do Sr. Agenor. Ganhou este nome em função de que seu pai vivia em uma gaiola preta , e por isto colocaram este nome no seu primeiro filhote.
. Gaiola Preta faz parte de um seleto grupo de curiós que fizeram história e deixaram sua genética espalhada nos últimos 30 anos , onde fazem parte desta galeria , além do Gaiola Preta :
. Soberano
. Maravilha
. Miracatu
. Xodó
. Mirante
. Xamego
Sendo que o Gaiola Preta é o único vivo desta lista.
 
Considerado um dos maiores “ raçadores “ de todos os tempos , possui a fantástica capacidade de passar suas caracteristicas genéticas aos filhos.
 
Por mais de 20 anos o Gaiola Preta pertenceu ao Sr. Hermínio de Botucatú. Nunca se destacou em torneios porque seu proprietário não se interessava em participar .
 
. Sr. Herminio costumava empresta-lo para amigos criarem , e um destes era o Dr. Antonio Seconha , de Botucatú , o qual com a fêmea de nome Esperança tirou vários filhotes dele , entre eles :
. Amanhecer ; Entardecer e Estrela da Serra , sendo que este ultimo pertence hoje ao Sr Antonio Pereira , de Botucatu.
 
Inclusive em uma das vezes que foi emprestado , ficou no meio de canários da terra.
 
. Caxingui – Esta em Rio Claro ou Piracicaba
. Bethoven – Esta em Minas
. Pavaroti – Hoje esta em Jaú
 
. Durante seus 22 anos com Sr. Hemínio , este recebeu inúmeras propostas de compra , porém nunca se interessou em vender. Há 4 anos atráz , o Sr. Luiz Negrisoli ( paulista que reside em Rio Branco-AC ) já estava pesquisando sua raça e procurando descendentes dele , contatou o Sr.Hemínio sobre a possibilidade da venda. Como o Sr. Hemínio estava bastante ocupado com seus afazeres profissionais e vendo que o Sr. Luiz se interessava por ele para poder manter sua genética viva , depois de pensar ( juntamente com a esposa ) concordou em vende-lo.
 
O Sr. Luiz hoje possui 3 filhos dele . Um deles não repete e não canta bem , porém já tirou filhotes repetidores e de bom canto. O Sr. Luiz esta tentando repetir suas cruzas para chegar o mais próximo possível do pai. Inclusive na data de hoje ( 02/11/03 ) ele possui 4 fêmeas chacando , cruzadas com o Gaiola Preta. Provavelmente em breve teremos novos filhotes deste maravilhoso pássaro. O Sr. Luiz esta também trabalhando para difundir a modalidade de canto na região dele ( Rio Branco – AC ) pois alí se pratica muito o “curió de presa “.
 
Depois que estava com Sr. Luiz , Gaiola Preta sofreu um acidente , quando foi atacado por um rato e teve seus dedos roidos , que depois tiveram de amputar. As penas do lado que foi atacado não ficaram mais bonitas).
 
Escrito por Paulo Schiavon -colaborou-Sr. Luiz Negrisoli, em 8/11/2003
 
A Morte do Gaiola Preta
 
Missão cumprida
 
A Morte de Gaiola Preta
 
Coroando seu periodo de vida, ate mesmo na morte este passaro se portou
fora de série e sensacional.
Dia 22/10, sabado, galou uma femea, filha de Miragem e Safira, as 06:00 da
manhã, onze horas ainda o vi cantando na prateleira das femeas e ao meio
dia quando fui fechar o quarto para o almoço, constatei que o mesmo havia
morrido.
Deixou quatro femeas galadas com nove ovos cheios. Hoje (05/11) ja
nasceram seis filhotes, faltando nascer tres ovos da ultima femea.
 
Apesar do ocorrido, me sinto feliz e satisfeito por ter sido proprietário
deste extraordinario CURIÓ. Através dele o Norte (Acre e Para) ficou
conhecido no meio dos criadores de curiós de canto praia. Todos os anos
tiramos filhotes classicos e repetidores. Em Belem, em parceria, o seu
filho GP-20, faz sucesso com varios filhotes encartados e repetidores.
Aqui temos o GP-01 (filho de mateira) que transmite a raça para mais de
50% de seus filhotes.
 
Tenho no plantel oito filhas e tres filhos (netas e netos) e
cuidadosamente farei os cruzamentos para que seja alcançado/refinado esta
genetica que tanto alegrou a todos os passarinheiros.
Gostaria de deixar registrado o meu agradecimento ao Sr. Herminio Nilson,
ex proprietario, por ter me possibilitado este convivio com o Gaiola e a
todos criadores que preservam esta grande raça, especialmente aos
criadores de Botucatu onde nasceu o maior raçador do Brasil.
 
Um abraço do amigo e muito obrigado,
Luiz Carlos Negrisoli
 
Escrito por Luiz Carlos Negrisoli, em 7/11/2005
 
Gaiola Preta
 
Grande Raçador
 
.Filho de curió mateiro com a fêmea de nome Santista , nasceu em 1976 , na cidade de Botucatú-SP- na rua João Passos , em um viveiro , na casa do Sr. Agenor. Ganhou este nome em função de que seu pai vivia em uma gaiola preta , e por isto colocaram este nome no seu primeiro filhote.
. Gaiola Preta faz parte de um seleto grupo de curiós que fizeram história e deixaram sua genética espalhada nos últimos 30 anos , onde fazem parte desta galeria , além do Gaiola Preta :
. Soberano
. Maravilha
. Miracatu
. Xodó
. Mirante
. Xamego
Sendo que o Gaiola Preta é o único vivo desta lista.
 
Considerado um dos maiores “ raçadores “ de todos os tempos , possui a fantástica capacidade de passar suas caracteristicas genéticas aos filhos.
 
Por mais de 20 anos o Gaiola Preta pertenceu ao Sr. Hermínio de Botucatú. Nunca se destacou em torneios porque seu proprietário não se interessava em participar .
 
. Sr. Herminio costumava empresta-lo para amigos criarem , e um destes era o Dr. Antonio Seconha , de Botucatú , o qual com a fêmea de nome Esperança tirou vários filhotes dele , entre eles :
. Amanhecer ; Entardecer e Estrela da Serra , sendo que este ultimo pertence hoje ao Sr Antonio Pereira , de Botucatu.
 
Inclusive em uma das vezes que foi emprestado , ficou no meio de canários da terra.
 
Na plenitude da forma , passava 30 cantos. Hoje , já com 27 anos , passa 10 cantos
 
. Matuto – Considerado o mais refinado – Filho do Gaiola Preta com sua própria mãe ( Santista )
.Matuto hoje pertence ao Sr. Lua , de S.Paulo , que ainda esta criando com ele.
 
. Caxingui – Esta em Rio Claro ou Piracicaba
. Bethoven – Esta em Minas
. Pavaroti – Hoje esta em Jaú
 
. Durante seus 22 anos com Sr. Hemínio , este recebeu inúmeras propostas de compra , porém nunca se interessou em vender. Há 4 anos atráz , o Sr. Luiz Negrisoli ( paulista que reside em Rio Branco-AC ) já estava pesquisando sua raça e procurando descendentes dele , contatou o Sr.Hemínio sobre a possibilidade da venda. Como o Sr. Hemínio estava bastante ocupado com seus afazeres profissionais e vendo que o Sr. Luiz se interessava por ele para poder manter sua genética viva , depois de pensar ( juntamente com a esposa ) concordou em vende-lo.
 
O Sr. Luiz hoje possui 3 filhos dele . Um deles não repete e não canta bem , porém já tirou filhotes repetidores e de bom canto. O Sr. Luiz esta tentando repetir suas cruzas para chegar o mais próximo possível do pai. Inclusive na data de hoje ( 02/11/03 ) ele possui 4 fêmeas chacando , cruzadas com o Gaiola Preta. Provavelmente em breve teremos novos filhotes deste maravilhoso pássaro. O Sr. Luiz esta também trabalhando para difundir a modalidade de canto na região dele ( Rio Branco – AC ) pois alí se pratica muito o “curió de presa “.
 
Depois que estava com Sr. Luiz , Gaiola Preta sofreu um acidente , quando foi atacado por um rato e teve seus dedos roidos , que depois tiveram de amputar. As penas do lado que foi atacado não ficaram mais bonitas).
 
Escrito por Paulo Schiavon -colaborou-Sr. Luiz Negrisoli, em 8/11/2003
 
A Morte do Gaiola Preta
 
Missão cumprida
 
A Morte de Gaiola Preta
 
Coroando seu periodo de vida, ate mesmo na morte este passaro se portou
fora de série e sensacional.
Dia 22/10, sabado, galou uma femea, filha de Miragem e Safira, as 06:00 da
manhã, onze horas ainda o vi cantando na prateleira das femeas e ao meio
dia quando fui fechar o quarto para o almoço, constatei que o mesmo havia
morrido.
Deixou quatro femeas galadas com nove ovos cheios. Hoje (05/11) ja
nasceram seis filhotes, faltando nascer tres ovos da ultima femea.
 
Apesar do ocorrido, me sinto feliz e satisfeito por ter sido proprietário
deste extraordinario CURIÓ. Através dele o Norte (Acre e Para) ficou
conhecido no meio dos criadores de curiós de canto praia. Todos os anos
tiramos filhotes classicos e repetidores. Em Belem, em parceria, o seu
filho GP-20, faz sucesso com varios filhotes encartados e repetidores.
Aqui temos o GP-01 (filho de mateira) que transmite a raça para mais de
50% de seus filhotes.
 
Tenho no plantel oito filhas e tres filhos (netas e netos) e
cuidadosamente farei os cruzamentos para que seja alcançado/refinado esta
genetica que tanto alegrou a todos os passarinheiros.
Gostaria de deixar registrado o meu agradecimento ao Sr. Herminio Nilson,
ex proprietario, por ter me possibilitado este convivio com o Gaiola e a
todos criadores que preservam esta grande raça, especialmente aos
criadores de Botucatu onde nasceu o maior raçador do Brasil.
 
Um abraço do amigo e muito obrigado,
Luiz Carlos Negrisoli
 
Escrito por Luiz Carlos Negrisoli, em 7/11/2005

< voltar

 
 
www.criadourobarradatijuca.com.br - 2017 - Desenvolvimento: