RAÇAS CONSAGRADAS
 
05/11/2014 - 22:45h
SAIBA MAIS SOBRE O CURIÓ GUARDIÃO

O Curió Guardião
  Vários amigos  anseiam pelas informações à respeito da história deste conhecido pássaro e como eu tenho vários amigos que conhecem bem essa genética e já tiveram inclusive o pai do guardião em seu plantel, resolvi fazer uma rápida pesquisa e apresentar ao Grupo a história do Guardião.Como disse, foi uma pesquisa rápida junto aos amigos do dia a dia e não houve tempo hábil para conversar com cada um dos ex-donos e aprofundar a matéria.Assim sendo, os amigos do Grupo tem plena liberdade para complementar alguma informação que porventura não expresse a realidade.   Espero mesmo que aconteça essa participação, pois assim teremos uma história bem completa. A HISTÓRIA: Conta o Sr. Pedro, morador da cidade de Osasco, região da Grande São Paulo, que o Pirracha, Pai do Guardião, nasceu no plantel do italiano, também morador dessa cidade.    Esteve em sua casa (casa do Sr. Pedro) recebendo cuidados até a fase do desmame e retornou para o plantel do italiano, lá ficando até a fase adulta. Diz o Sr. Pedro, demonstrando conhecer muito bem a história, que o Pirracho foi um pássaro de poucas notas no canto, mas de muitíssima repetição.Conta que o Italiano tinha outros curiós de canto paracambí e achava que o Pirracha tinha assimilado algumas notas desse canto, mas os amigos acham que de fato isso não aconteceu. Ainda na cidade de Osasco, o pai do guardião esteve no plantel do Zinhão e do Gilmar, que o levou para a cidade de Botucatú onde mora seu irmão Silvio.Relembro aos amigos que, nesta cidade de Botucatu, foi onde o curió “Gaiola Preta” deixou o maior número de filhos.   Lá recebeu este nome de “Gaiola Preta” e deixou sua genética perpetuada através dos seus descendentes, de ótima qualidade de canto e muita repetição. Foi também em Botucatú, que nasceram outros grandes curiós que se destacaram no canto Praia Grande Super Clássico, como por exemplo, o Senador, o Samurai, etc...Voltando ao assunto sobre o Guardião, no plantel do Sr. Silvio, o Pirracho ficou por alguns anos e lá cruzou com várias fêmeas, entre elas uma Fêmea (Senadora X pirracho), de onde nasceu o Guardião.Destacou-se ainda pardo, quando veio para São Paulo para o Sr Neri já cantando o Praia Grande Super Clássico.       Devido ao seu belo canto e alta repetição, despertou logo o interesse dos grandes criadores de curiós de canto PGSCP da região.    Esteve com o Sr. Alfredo da cidade de Guarulhos/SP, com o Sr. Dário na cidade de Jundiaí/SP, com o Sr. Dimas na cidade de Pouso Alegre/MG, voltou para a cidade de Vinhedo/SP e hoje se encontra na criação do Sr. Miguel na cidade de Jundiaí/SP.Grande Raçador, por onde passou mostrou que a sua genética é dominante, deixando sempre filhos e netos que se destacaram no Praia Grande Super Clássico.   Agradeço ao amigo E colaborador: Sr. Pedro/Osasco/SP. 
Escrito por Geraldo Ribeiro dos Santos

< voltar

 
 
www.criadourobarradatijuca.com.br - 2017 - Desenvolvimento: